Limpeza da casa

Limpeza da casa para ajudar no combate ao Covid-19

A situação que vivemos é excecional e todas as medidas são poucas no combate ao novo Coronavírus. Quanto à limpeza da casa, local onde estamos a passar mais tempo que o normal, devemos adotar novos métodos de desinfeção, sobretudo se tivermos em casa alguém em quarentena ou em isolamento.

Cabe a cada um de nós assumir uma atitude responsável na quebra das cadeias de transmissão, contribuindo para a proteção da comunidade como um todo. Para nos ajudarmos mutuamente, partilhamos hoje algumas recomendações da Direção Geral da Saúde, no que toca à desinfeção de superfícies, cozinha e sanitários.

Limpeza e desinfeção de superfícies

1. Deverá utilizar luvas e roupa protetora (avental de plástico);
2. Deverá lavar as mãos antes e depois da colocação das luvas;
3. Para a desinfeção comum de superfícies (destaque para zonas de contacto frequente, como interruptores de luz e maçanetas das portas):
 Lavar primeiro com água e detergente;
– Aplicar a lixívia diluída em água;
 Deixar atuar durante 1 0 minutos;
 Enxaguar apenas com água quente e deixar secar ao ar.
4. O mobiliário e alguns equipamentos (como os telemóveis) poderão ser desinfetados após a limpeza com toalhetes humedecidos em desinfetante ou em álcool a 70º;
5. Limpar paredes até à altura do braço.

Nas instalações sanitárias

1. As instalações sanitárias devem ser desinfetadas com um produto de limpeza misto que inclua simultaneamente detergente e desinfetante na composição;
2. Lavar a casa de banho, começando pelas torneiras, lavatórios e ralos. Passar depois ao mobiliário e, de seguida, à banheira (ou chuveiro), sanita e bidé.
Quanto ao chuveiro, deve desenroscar a cabeça do mesmo, lavar e desinfetar;
Quanto à sanita, deve aplicar o produto que tem a função de detergente e desinfetante em simultâneo, no interior e exterior da sanita; deixar atuar o produto durante 10 minutos, esfregar bem por dentro com o piaçaba, descarregar a água com o piaçaba ainda dentro da sanita para que este também fique limpo; pôr o piaçaba a escorrer; lavar e desinfetar o suporte do piaçaba. Com outro pano limpo de uso único, lavar a parte externa da sanita, começando pelo tampo (o menos sujo), seguindo-se a parte de cima da sanita e todas as partes exteriores com o mesmo detergente/desinfetante; passar depois só com água quente e deixar secar;
Por fim, lavar o chão da casa de banho;
Abrir as janelas e deixar secar ao ar.
3. Na cozinha, deverá seguir esta ordem:
Lavar as louças na máquina ou à mão com água quente e sabão (detergente de lavar louça à mão);
 Limpar e desinfetar armários, bancadas, mesa e cadeiras, não esquecendo de desinfetar os puxadores dos armários e das portas;
 Limpar e desinfetar a torneira, o lavatório e o ralo.
4. Se houver presença de sangue, secreções respiratórias ou outros líquidos orgânicos, deverá:
 Absorver os líquidos com papel absorvente;
 Aplicar lixívia diluída em água na proporção de uma medida de lixívia para nove medidas iguais de água. Não se esqueça que deverá usar máscara na diluição e aplicação da lixívia;
 Deixar atuar durante 10 minutos;
– Passar o local com água e detergente;
 Enxaguar só com água quente e deixar secar ao ar, abrindo as janelas para ventilação do espaço.

E nunca é demais relembrar que, nos casos em que é mesmo preciso sair à rua, devemos ser rigorosos e assumir comportamentos essenciais como:

– Evitar tocar na porta de casa, no corrimão da escada e nos botões do elevador;
– Se possível, reforçar a limpeza dos espaços comuns, caso habite num condomínio;
– Já em casa, deve criar uma ‘zona potencialmente contaminada’ para colocar a roupa, os acessórios e o calçado usados na rua, por haver a possibilidade de serem portadores de microorganismos;
– Lavar/desinfetar muito bem as mãos e a cara e, logo que possível, deve tomar banho para evitar possíveis fontes de contaminação vindas do exterior;
– Evite sair de casa e receber visitas:

Por fim, nunca é demais relembrar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença:

Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo;
Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%;
Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória;
Evitar tocar na cara com as mãos;
Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado.

Na JOM, para fazer face aos restringimentos que vivemos, estamos a oferecer as entregas ao domicílio (condições da campanha, aqui). Cabe-nos garantir que as suas necessidades são satisfeitas com a máxima qualidade e segurança. A responsabilidade é de todos nós e queremos contribuir para que este período seja breve.

You May Also Like

Lavandaria em casa

Lavandaria em casa: dicas para ter um espaço prático e organizado

armário-cápsula

Armário-cápsula: o que é e como criar um de raiz

hábitos para uma vida saudável

Criar hábitos para uma vida saudável, sem sair de casa

Organizar a casa

Organizar a casa em tempos de Pandemia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *