Iluminação LED

Iluminação LED integrada: dicas e vantagens

A iluminação LED continua a ser uma grande tendência quando o assunto é decoração e, além de se destacarem as estantes, prateleiras e bancadas, agora os spots com lâmpadas também têm uma função bastante útil ao serem colocados em armários de roupa, armários de casa de banho, cozinha ou até escritório. Os sistemas de iluminação integrada e os painéis com iluminação oferecem um toque contemporâneo e as lâmpadas LED gastam menos energia, o que permite poupar na fatura da eletricidade.

Especialmente quando não é preciso acender a luz da divisão, seja para pegar um copo de água na cozinha ou procurar por um casaco no closet sem incomodar a outra pessoa, a ideia é juntar funcionalidade, elegância e, claro, poupança.

O que são as lâmpadas de LED?

As lâmpadas de LED (Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz), além de serem elegantes, ajudam a baixar a conta da eletricidade ao final do mês e podem ser utilizadas em diferentes formatos: fita, mangueira, placa, lâmpada. Esta versão também apresenta maior durabilidade em relação às lâmpadas incandescentes, uma vez que o LED possui cerca de 35 mil horas de vida útil e os seus dispositivos podem sobreviver até 100 mil horas, o equivalente a mais de 8 anos de uso. Além disso, o LED pode ser incluído em ambientes húmidos, como casas de banho e cozinhas, sem riscos de choques, ou em baixas altitudes, sem a preocupação de queimaduras por contacto.

Independentemente do local onde vão ser colocadas, as lâmpadas de LED precisam ser trabalhadas de forma harmoniosa, respeitando as características do projeto mobiliário e da iluminação ambiente.

Onde embutir a iluminação LED?

No closet: a maior vantagem da iluminação LED integrada no closet é a economia, já que a luz da divisão consome mais energia. Além disso, vão deixar o ambiente mais elegante e intimista. Para casais com horários diferentes poderá fazer todo o sentido, porque evita acender a luz do quarto e consegue iluminar as suas roupas e acessórios, sem incomodar quem ainda está na sua hora de descanso. 

Nas gavetas: adicionar LED nos cantos das gavetas dos armários ou das cómodas para iluminar o conteúdo é uma ótima ideia, especialmente para quartos de bebés/crianças ou quando existe uma iluminação fraca perto do guarda-roupa.

Nas prateleiras: a iluminação LED também pode ser encaixada nas prateleiras dos armários, iluminando objetos, acessórios, calçados, entre outros. O mesmo é válido para prateleiras de escritório que precisem de mais luz.

Na cozinha: há quem coloque iluminação LED embutida por baixo do armário da cozinha para iluminar toda a bancada, o que facilita imenso na hora de, por exemplo, pegar um copo de água a meio da noite sem necessidade de acender a luz do ambiente, ou então para melhorar a visibilidade na hora de cozinhar. Como aqui o objetivo é clarear o ambiente, a recomendação é o uso de LEDs brancos. 

Descubra mais: como escolher a temperatura da lâmpada? 

Uma boa iluminação faz toda a diferença num ambiente. As lâmpadas podem (e devem) assumir diferentes temperaturas e intensidades, por isso, antes de fechar a compra, informe-se sobre a lâmpada e o formato mais adequados. Mesmo pequenos, podem ter medidas e formatos diferentes, o que pode influenciar na harmonia com o móvel.

Se está a tentar descobrir qual a melhor iluminação para as diferentes divisões da sua casa, sugerimos a leitura deste nosso artigo. De resto, já sabe que na JOM encontra tudo para o seu lar, a preços simpáticos e acessíveis a todas as carteiras.

You May Also Like

organizar um piquenique

Dicas para organizar um piquenique no verão

pousadas de portugal

7 destinos incríveis para desbravar com a campanha JOM & Pestana Pousadas de Portugal

Decoração

Decoração de verão: como levar a nova estação para dentro de casa

Horta em apartamento

Horta em apartamento? Sim, é possível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *