cantinho de brincadeira

Ideias para montar um cantinho de brincadeira

Sabemos que, para famílias com filhos, um dos grandes desafios do dia a dia é conseguir manter a casa organizada. Seja porque há bonecas espalhadas pelo chão, carros pela casa, bonecos em cima do sofá, livros de colorir na mesa de jantar… Enfim, várias aventuras que se desdobram e que deixam muitos pais de ‘cabelo em pé’. Em grande parte dos casos, o improviso leva a que o espaço dedicado à criança acabe por tomar conta de todo o espaço comum e os pais vão perdendo o controlo da identidade da casa. A pensar nesta realidade e com o objetivo de contribuirmos para casas e famílias mais felizes, sugerimos que ponha as ‘mãos na massa’ e crie um cantinho da brincadeira na sua própria habitação. Os pequenotes vão adorar e a casa vai respirar um novo ar: mais arrumado e menos confuso. Vamos a isso?

Planeamento é tudo

Comece pelo planeamento. Que espaço vai ocupar o cantinho da brincadeira? Uma parte da sala? Um quarto? Um escritório? A decoração idealmente será infantil para que a criança perceba que é o seu espaço, por isso deverá ter a sua identidade, onde se sinta segura e à vontade, livre de soltar a imaginação e brincar sem medos. Depois precisa levar em consideração a quantidade de brinquedos e livros que o espaço irá ter, para que possa considerar a área necessária para manter a organização.  Além disso, deve-se ponderar se a criança irá ou não ter acesso ao brinquedo. No método Montessoriano, por exemplo, os brinquedos estão ao alcance da criança, mas há pais que não são adeptos desse método e preferem pegar no que vão dar à criança para brincar, naquele momento. Portanto, leve em conta essas características de como vai armazenar os brinquedos e planeie o espaço em função disso, recorrendo, por exemplo, a prateleiras, estantes, armários, cestos e até baús. Se for permitir trabalhos manuais, convém que adicione uma mesinha e uma cadeira ajustada à altura da criança. 

cantinho da brincadeira

Segurança

Um cantinho da brincadeira deve ser descontraído mas principalmente deve ser planeado sob a perspetiva da criança, considerando a sua segurança. É importante que o layout deixe espaço livre para ser devidamente explorado sem empurrões e incidentes. 

A escolha do mobiliário deve ser feita de modo a atender a necessidade dos pais, mas deve também ela ser adequada e ajustada às crianças. O ideal é que cada peça seja dimensionada considerando as medidas da criança, preferencialmente com cantos arredondados (sem esquinas e sem vidros) e que utilize elementos de fixação seguros e resistentes. Atenção aos móveis que facilitam o acesso a janelas! 

Quanto ao piso, existem no mercado diferentes tapetes infantis antiderrapantes, feitos em espuma, alguns em formato puzzle, outros com as letras do abecedário ou algarismos que, além de estimularem a criança, vão protegê-la de incidentes, amortecendo os impactos das brincadeiras que não correm tão bem. Os tapetes ajudam também a delimitar o espaço. 

Por fim, sugerimos também que invista em pufes e/ou almofadas coloridas no chão para que proporcione mais comodidade e para que possam amortecer eventuais quedas. 

Estímulo à criatividade

Sem dúvida que a decoração pode ajudar no estímulo da criatividade. Além disso, é sempre uma mais valia juntar lápis e papéis para que a criança possa desenhar. Elementos interativos como lousas, quadros brancos ou magnéticos, cavaletes de pintura dão graça à casa e, ao mesmo tempo, são um ótimo estímulo que pode ser incluído no cantinho da brincadeira. E porque não expor desenhos numa espécie de ‘parede galeria’? Está a contribuir para a autoestima da criança e traz histórias que vão animar os convidados. 

Além da criatividade, criar um espaço de leitura é também uma excelente sugestão para que a criança desenvolva a sua imaginação. Por que não ter um espaço para livros infantis no cantinho de brincar?

Leia mais: Dicas essenciais para decorar um quarto de bebé

Portanto, e em suma, pode até nem ter espaço suficiente para uma brinquedoteca, mas haverá sempre um cantinho para poder dedicar às brincadeiras dos mais pequenos lá de casa. Haja vontade e criatividade. Lembre-se que as crianças adoram ser donas do seu próprio espaço. Surpreenda-as! 

You May Also Like

natal

Natal 2021: dicas imperdíveis para uma decoração de sonho

feriado

7 sugestões de como aproveitar o feriado

folheto JOM

Novo folheto JOM: como (re)decorar a casa com os preços bomba de outubro

Feng Shui

Decoração: como aplicar o Feng Shui no quarto infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *