Plantas

Procura um aliado natural contra a humidade? Plantas é a resposta!

O inverno em Portugal tem sido frio e chuvoso, com elevados índices de humidade que se prolongam por várias semanas. A par disto, a construção das casas também não está devidamente preparada para invernos rigorosos e, para além do desconforto associado ao frio, surgem os bolores, as manchas, as condensações e com eles alguns problemas de saúde, essencialmente respiratórios.

Nesta ordem de ideias, a qualidade do ar que se respira em casa pode ser um verdadeiro problema para os moradores e, além das soluções que apresentamos neste artigo, podemos e devemos encontrar nas plantas um aliado natural para a resposta a vários problemas, como a redução da humidade em excesso. Por isso mesmo, e como devemos fazer tudo o que pudermos para equilibrar o ambiente, deixamos aqui sugestões de plantas interiores que diminuem a humidade e, ao mesmo tempo, embelezam a sua casa.

Fetos

Além de ser um clássico intemporal esteticamente atraente, é uma planta igualmente excelente para regular a humidade. Outra vantagem é o facto de ajudar a eliminar toxinas perigosas, purificando e renovando o ar à sua volta. 

Quanto aos cuidados necessários, é uma planta que se adapta a condições desde luz indireta abundante a sombra e deverá manter o solo húmido mas regando no redor do vaso e não diretamente em cima da coroa central, evitando o apodrecimento. 

Dica: ficam especialmente bem em vasos de pendurar, prateleiras, estantes e uso em macramés, fazendo um efeito de cascata verde magnífico. 

Heras

As heras são trepadeiras perenes conhecidas por serem excelentes purificadoras do ar, pelo facto de filtrarem toxinas como benzenos e formaldeídos. Além disso, vão certamente dar um toque especial à ‘selva urbana’ de cada casa. 

Luz indireta abundante é o ideal para as heras, sendo que períodos prolongados com sol direto podem induzir queimaduras nas folhas, por isso é de evitar o sol direto, especialmente no verão. Por outro lado, há também que considerar que áreas demasiado escuras podem levar à perda da tonalidade do verde natural das folhas, tornando-se esbranquiçado.

Lírios da paz

Esta é uma das plantas de interior mais popular, talvez por ser de fácil cuidado e com o ambiente certo é capaz de produzir flores o ano inteiro. De acordo com o Feng Shui, é uma planta que limpa as más energias e é conhecida por trazer paz aos espaços onde se insere. 

Se procura então mais uma resposta para a humidade do ar, saiba que os lírios da paz, através da absorção da água em excesso pelas suas folhas, deixam o ar mais equilibrado e saudável e, além disso, são também capazes de absorver toxinas como o amoníaco, formaldeídos e tolueno.

Prefere luz indireta mas abundante, sendo uma planta adaptável a luz parcial ou sombra. Zonas demasiado escuras fazem com que a planta se desenvolva menos e de forma mais lenta. Quanto à rega é muito fácil perceber se precisa de manutenção, uma vez que as folhas do lírio da paz pendem em sinal de falta de água. A nossa dica é que deixe o substrato secar ligeiramente entre regas e que regue homogeneamente por toda a área.

Espadas de São Jorge

A Espada de São Jorge é capaz não só de humidificar, como de produzir uma quantidade considerável de oxigénio e ainda de neutralizar evaporações nocivas emitidas sobretudo por materiais sintéticos. É possivelmente uma das plantas ornamentais de interior mais reconhecidas por todos e das mais fáceis de cuidar, porque como reserva humidade nas suas folhas grossas, só precisa de regar apenas quando o substrato já estiver bem seco há, pelo menos, três dias.

Tillandsias

O género Tillandsia é o mais extenso entre as bromélias e vivem da humidade e dos nutrientes no ar, absorvendo-os através das folhas. É uma planta que prefere ambientes húmidos, adapta-se bem a casas de banho ou cozinhas, sendo que a temperatura ideal fica entre os 16 e os 22ºC.

Quanto à rega, recomendamos que mantenha o solo húmido mas regando no redor do vaso e não diretamente em cima da coroa central, prevenindo o apodrecimento.

Clorofito

O Clorofito é também conhecido como a Planta Aranha pelo formato das suas folhas fazer a planta aparentar uma aranha, e esta é uma excelente opção para manter em interiores, por ser resistente e muito fácil de cuidar. Se reparar, as suas raízes são carnudas e isso é devido à acumulação de água, sendo capaz de resistir a períodos de poucas regras. Ajuda a filtrar toxinas existentes no ar à sua volta e, uma vez que as suas folhas crescem muito rapidamente, são muito úteis na absorção de substâncias prejudiciais, como o mofo.

Dica: durante a Primavera, aquando do desenvolvimento dos seus ‘filhotes’, pode podá-los e plantar diretamente num novo vaso ou em água que facilmente crescem novas raízes e assim consegue uma nova plantinha.

Como se pode verificar, são muitas as plantas com a incrível capacidade de melhorar a qualidade do ar de uma casa e isso é importante para o seu bem-estar e o da sua família. Agora que conhece as espécies com capacidade de filtrar o ar que respira e um pouco sobre as especificidades de cada uma, o nosso desafio é levá-lo(a) a escolher uma ou mais destas plantas e com isso acreditamos que vai conquistar um ambiente mais purificado em sua casa. Equilibre os níveis de água do ar e aumente os índices de felicidade!

You May Also Like

folheto JOM

Novo folheto JOM: como (re)decorar a casa com os preços bomba de outubro

Feng Shui

Decoração: como aplicar o Feng Shui no quarto infantil

6 dicas de decoração de outono para receber a nova estação

tirar bolor da roupa

Como tirar bolor da roupa: dicas úteis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *