espaço exterior

Prepare o espaço exterior da sua casa para receber o bom tempo

É certo que a casa tem assumido uma importância ainda maior durante os últimos dois meses. Até aqui focámos a nossa atenção nos espaços interiores, mas com a chegada do bom tempo é imperativo que comece a planear o seu novo projeto: pense no que pretende fazer com a área exterior da sua casa e surpreenda as visitas. Neste artigo lançamos-lhe o desafio de pensar no que pretende acrescentar, no que é essencial substituir e como organizar o espaço exterior da sua casa. Preparado? Mãos à obra!

espaço exterior

Seja jardim, terraço, pátio ou simplesmente uma varanda, qualquer espaço exterior lá de casa deve ser considerado, já que é a opção ideal para que o convívio entre familiares e amigos se faça de forma mais relaxada, especialmente nestes tempos de pandemia em que damos preferência a ambientes com poucas pessoas. Para tornar o exterior mais agradável não precisa de móveis dispendiosos: espaços verdes, boa iluminação e assentos cómodos são suficientes para que não lhe falte nada. Se tiver espaço suficiente, poderá criar duas áreas distintas, uma área de estar e outra de refeições, mas vamos por partes:

Pavimento

Quando falamos em pavimento, não queremos dizer que vai precisar de fazer obras. Pode, por exemplo, aplicar um simples deck de madeira, que cubra o chão original, de modo a criar um visual mais moderno. Por cima do deck é sempre uma boa solução colocar tapetes de exterior que trazem conforto e beleza ao espaço. Esta é a solução mais fácil, mas o mercado tem à disposição uma vasta gama de produtos, desde os mais caros até aos que se encaixam em orçamentos mais limitados.

Se pretende arrojar, poderá considerar os azulejos de cerâmica que estão disponíveis em diferentes desenhos, estilos, tamanhos, materiais e cores. A cerâmica é bastante resistente à água e, no geral, a qualquer mudança climática. Aqui é especialmente importante que saiba escolher um estilo que se harmonize com o espaço e o resto da decoração. Outra opção viável, e porque os espaços exteriores são, muitas vezes, o contacto mais direto que temos com a natureza, é a madeira de bambu, que deixa qualquer espaço a parecer mais aconchegado e elegante. Além disso, a colocação, uso e manutenção permitem que se mantenha em bom estado durante um largo período de tempo. 

Se gosta de diferentes materiais, por que não considerar uma boa mescla? Pode considerar a mistura de materiais distintos, fazendo a combinação perfeita entre, por exemplo, a madeira e a pedra. Neste caso estaria a contrastar a frialdade da pedra com a a calidez da madeira. Por que não?

Mobiliário de exterior

O mobiliário de exterior deve seguir a mesma linguagem que as restantes divisões da casa, para que haja harmonia entre os diferentes espaços. No momento de decisão de compra é essencial ter em consideração alguns fatores importantes, como a resistência à temperatura, às condições climáticas e ao sol. Outra dica relevante é não escolher os móveis de exterior aleatoriamente: tenha em mente o objetivo e a utilidade que vai dar ao espaço, além do estilo da casa e da própria área exterior. Considere, por isso, alguns planos:

  • Se a finalidade é trazer convidados, escolha uma mesa alongada e cadeiras resistentes (veja esta nossa sugestão). Também poderá acrescentar móveis funcionais baixos e um sofá que permita o descanso.
  • Se o espaço inclui uma piscina, opte por mobiliário que lhe permita aproveitar o bom tempo como redes, guarda-sóis, espreguiçadeiras. E por que não uma zona de barbecue? Descubra aqui os artigos ideais para criar uma zona de churrasco irresistível.
  • Se o propósito é ter uma zona mais íntima, seja para descansar, relaxar, ler ou até meditar, a nossa sugestão é decorá-la com simplicidade e elegância. Considere, por exemplo, poltronas para esticar as pernas, ou melhor ainda: um conjunto de jardim que inclua sofá e cadeirões, além de uma mesa de centro para colocar os livros e o refresco. Esta nossa sugestão é perfeita para criar um espaço acolhedor e propício ao descanso e à calmaria.
espaço exterior

Outra aposta certeira são as pérgolas e os toldos, elementos arquitetónicos perfeitos para a decoração do jardim, que nos garantem zonas de sombra, ideais para nos refugiarmos dos raios de sol. Além disso, são, também, elementos sóbrios que oferecem privacidade ao desenho.

Tipos de materiais:

Plástico: seja em cadeiras, mesas, bancos, os materiais em plástico são adequados para áreas com piscina, essencialmente por suportarem consideravelmente o sol e a água. 

Metal: uma excelente escolha, dada a sua resistência e aparência estética. Comparativamente com a madeira, pode ser deixado no exterior, mesmo ao relento. 

Madeira: como é um material que se deteriora gradualmente, não é aconselhável se o mobiliário for colocado de forma permanente. Terá que o guardar sempre que houver mau tempo.

Tecido: oferece conforto e delicadeza, mas sofre muito em exteriores. Essencialmente usado em sofás, poltronas, cadeiras, almofadas, este material deve ser guardado ou coberto quando não estiver a ser utilizado, de modo a prolongar o ciclo de vida.

Nas lojas JOM encontra dezenas de referências de produtos para almoços e jantares ao ar livre, adequados a todos os gostos e acessíveis a todas as carteiras. Também na loja online encontra as peças do novo folheto, repletas de muita cor e em diferentes estilos, perfeitas para refrescar a casa nesta primavera/verão. 

espaço exterior

Iluminação

Se tiver a possibilidade, coloque um candeeiro de teto na área da mesa de jantar e candeeiros de chão ou de mesa na zona dos sofás. Nas zonas que não tenha pontos de luz, pode, por exemplo, optar por iluminação solar de modo a criar espaços mais cómodos.

As grinaldas de luzes pequenas são uma outra opção para decorar o exterior. Pode usá-las para envolver uma árvore ou outra estrutura existente nessa área, de forma a que a iluminem com calidez e criatividade.

Também na JOM encontra uma vasta oferta de artigos de iluminação, descubra-os aqui.

Decoração

Aqui o importante é ter em consideração a estética da sua casa e o gosto pessoal dos habitantes. Algo que está muito em voga é dar uso às paredes para criar um horta vertical com ervas aromáticas devidamente organizadas. Assegure-se apenas de que as plantas escolhidas são as mais adequadas para o exterior. Outra opção igualmente na moda é construir um jardim vertical para trazer a natureza ao ambiente, sendo que existem muitas formas de criar um jardim com estas características: deixar que cresçam trepadeiras por toda a parede ou usar paletes são apenas duas das muitas possibilidades.

Aposte também numa boa composição de almofadas e, para as noites mais frescas, considere umas mantas bonitas que ajudam a criar um ambiente mais intimista. 

Já à mesa pode ser criativo ao ponto de optar por serviços de loiça com temas. Não sabe como? Por exemplo, traga a Grécia para a mesa através deste conjunto alegre e colorido. Ou, se preferir, dê um ar exuberante e tropical optando por este serviço de porcelana. Se é adepto de um estilo minimalista considere esta nossa proposta, ou adicione um toque de requintado e opte por este conjunto em grés.

espaço exterior

No fundo, é importante que o espaço exterior o deixe confortável e encaixe com a restante decoração, porque faz parte da casa! A falta de espaço não deve ser nunca uma desculpa para deixar as áreas exteriores de lado. Com criatividade e força de vontade, qualquer cantinho pode ganhar vida e transformar-se num ambiente de estar de qualidade. Partilhe connosco as suas dicas e inspire-se com o nosso blog, há artigos anteriores que lhe podem trazer novas ideias.

You May Also Like

Renovar a casa

Renovar a casa: um guia de como dar um novo ar aos ambientes interiores

shabby chic

Descubra a tendência de decoração que está a dar que falar: shabby chic

decoração art deco

Dicas para uma decoração art deco

armário-cápsula

Armário-cápsula: o que é e como criar um de raiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *