closet

Descubra como organizar o closet, sem falhas!

Sabemos que cada vez mais ter um armário consciente é o objetivo de muitas pessoas, apesar de nem sempre ser um objetivo fácil de concretizar. De modo a não se perder no meio de tantas peças, criamos este artigo onde lhe damos dicas para conseguir criar o “desapego” e livrar-se de tudo aquilo que está a mais no seu closet. Acredite que cada pormenor é essencial para que se sinta com disposição de escolher o conjunto que vai usar no seu dia. Com a chegada da primavera, em que muitos de nós fazem a troca de roupa nos armários, é o momento ideal para dar a reviravolta que o seu closet precisa. Vamos a isso?

Pratique a ‘lei do desapego’

Comece por estabelecer a regra de nunca comprar mais peças sem antes fazer um closet cleaning. A ideia é saber o que tem, saber o que precisa e ‘livrar-se’ de tudo o que está a mais para que possa ter espaço para as peças novas de forma organizada e acessível. Eis os exercícios que pode e deve praticar e que cabem dentro desta ‘lei do desapego’:

Tirar do closet as peças de que já não gosta

O primeiro conselho que lhe damos é que tire do roupeiro todas as peças que já não usa. Deve separar tendo em conta as seguintes regras:
– Roupa que não usa há mais de um ano;
– Peças com as quais já não se identifica;
– Roupa em mau estado.

Um bom truque é fazer dois ‘montes’: o ‘monte’ para doação (ou venda) e o ‘monte’ para coisas que estão já muito estragadas e que vão para o lixo. Quanto ao primeiro amontoado de roupa, a verdade é que apesar de termos 1001 peças no nosso armário de que já não gostamos, há de certeza muitas pessoas que podem gostar e até mesmo precisar dessa roupa. Por isso, considere entregá-las a uma instituição/associação ou pode até mesmo dar a familiares ou amigos e só depois, o que sobrar, às instituições. Outra ideia é vender a roupa online, por exemplo.

Tirar do closet a roupa que não lhe serve

Outro ‘monte’ que eventualmente fará sentido é o da roupa que, neste momento, não lhe serve, mas que poderá vir a servir, a curto prazo. O importante é que seja realista: se não serve mesmo e dificilmente voltará a servir, opte pelo ‘monte’ da doação. 

Com um closet repleto de peças acumuladas, a escolha do outfit ideal para cada ocasião torna-se difícil. Por isso, facilite a sua rotina diária e comece por organizar o seu roupeiro, para que desta forma consiga visualizar todas as suas peças. 

Categorize: separe a roupas por ocasiões e modelos

Quantas vezes ao arrumar o seu closet encontrou peças que já não se lembrava que tinha? Com um roupeiro mal organizado, a tendência é usar sempre as mesmas peças, porque outras tantas estão lá esquecidas. Evite que isso aconteça. Como? 

Em primeiro lugar, considere organizar as roupas por cores, de modo a tornar muito mais fácil a escolha do conjunto todos os dias. Se já tem esta dica em uso, a seguinte é separar a roupa por ocasiões, no fundo, estará a categorizar o que tem. Não faz muito sentido ter uma t-shirt básica, branca, ao lado de um vestido com lantejoulas, por exemplo. Concorda? O mesmo é válido para as sapateiras. Coloque as sapatilhas todas numa prateleira, os sapatos de salto noutra, e por aí em diante. 

Por fim, para tornar ainda mais fácil a visualização do que tem no roupeiro, organize-o por modelos: casacos, blazers, camisas, vestidos, calças, calções, saias, etc.

Guarde as roupas da outra estação

Principalmente no caso de não ter um closet assim tão grande, a dica é guardar a roupa que for da outra estação. Por exemplo, se estivermos no verão, armazene a roupa de inverno, em caixas fechadas, que tem a certeza que não usará durante a estação quente. Neste processo, vale a pena salientar a importância de lavar as peças antes de as guardar. Isso ajuda a evitar o mofo ou alguma mancha definitiva quando a roupa é armazenada por um período maior. Depois, antes de colocar no roupeiro, é só deixar as roupas a arejar – à sombra e não ao sol.

Já ponderou criar um armário-cápsula?

A ideia central de um armário-cápsula é conciliar sustentabilidade e funcionalidade, onde nos propomos a um estilo de vida mais económico e eco friendly. Além disso, com um armário-cápsula devemos dar prioridade a peças versáteis: aquelas que podemos usar praticamente todos os dias e em diferentes ocasiões.

Criar um armário-cápsula é sentir-se feliz com um armário mais pequeno porque tem plena consciência do quanto isso simplifica a sua vida todas as manhãs. Não há problema em comprar novas peças de vez em quando, desde que que não compre por impulso ou só porque é tendência. Se pensa nesta possibilidade, que não deixa de ser um grande desafio, convidamo-lo/a a ler (ou reler) este artigo em que demos dicas práticas de como montar um armário-cápsula em sua casa.

Por fim, resta-nos relembrar que na JOM encontra diferentes opções de roupeiros, de estrutura sólida e organizada, e também camiseiros que lhe garantem espaço extra de arrumação. Além disso, a maior parte das nossas opções são de produção nacional, estando os artigos devidamente assinalados.

You May Also Like

Black Friday

Os imperdíveis da Black Friday 2021

natal

Natal 2021: dicas imperdíveis para uma decoração de sonho

Promoções quentes e boas só na JOM: sugestões imperdíveis

feriado

7 sugestões de como aproveitar o feriado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *